As capas do Santa

Eu não sei o que anda acontecendo dentro do Jornal de Santa Catarina, mas com certeza, alguma coisa mudou. Desde o início do ano, o diário blumenauense resolveu investir em capas criativas, daquelas que chamam a atenção na banca de revistas, levando o leitor a compra do periódico.

A primeira “bola dentro” do ano foi a notícia do fim do carnaval, apresentado como note fúnebre. Destaca-se ainda, as notícias da morte de Zilda Arns, o fim da praça da Figueira e a distribuição de novos agentes prisionais em Santa Catarina, a última apresenta o jornal tomando posição explícita sobre algo polêmico, o que não é tão comum por aqui.

As outras capas de janeiro foram mais simples, mas é fácil perceber que houve uma tentativa para que fosse diferente do padrão. Sem sempre um jornal vai acertar, mas é bom saber que há uma preocupação constante nisso.