Ello: a rede social sem publicidade, sem modinha…e sem graça também

Vocês lembram dos primeiros anos do Iphone, quando qualquer outro smartphone lançado no mercado tinha a expectativa de ser o “Iphone Killer”? Pois bem, a moda agora é saber quem é o “Facebook Killer”. A morte do saudoso Orkut, no último dia 30, aumentou as atenções para qual rede social irá conseguir destronar o site de Mark Zuckerberg.

O nome da vez é ELLO. A rede social já virou notícias nos sites de tecnologia. A aposta é que a página pode chacoalhar o mercado por não ter publicidade e ter um visual mais moderno e minimalista. Para entrar, por enquanto, só com convites, uma técnica muito bem sucedida no Orkut e até no Gmail, no seu início.

POIS BEM, A ELLO É UMA REDE SOCIAL SEM GRAÇA NENHUMA

O visual é minimalista? É tosco demais, isso sim. Parece que foi feito por um programador do início dos anos 2000, sem nenhuma noção de estética.

ello

Eles chamam isso de design moderno

Basciamente, a Ello tem uma timeline tosca e a opção de ver o que está fazendo sucesso, chamado de Ruído (Noise). E só. Os recursos na página são bastante limitados, a navegabilidade é um tanto confusa. Se o objetivo é ter uma rede social com timeline rápida e prática, o Twitter já resolve o problema. Para quem quer mais recursos, não vejo problemas no Facebook e no Google+.

Mas as pessoas estão indo para o Ello pelo fato de não ter publicidade, dizem alguns. E qual o problema de ter publicidade? Querem uma rede social gigante, cheia de recursos e sem cobrança de taxas de que forma? Muitos reclamam que a propaganda no Facebook é chata e não consegue atingir o alvo. Pois bem, eu já fiz compras na internet por causa de anúncios na rede social, ou seja, valeu a pena.

O Facebook não será eterno e um dia ele será deposto por outra onda da internet. Mas não vejo a Ello como a página que fará isso. A menos que eles façam mudanças radicais, o Mark Zuckerberg pode ficar tranquilo.

Se você ainda não recebeu convite para entrar na Ello, sem problemas. Não está perdendo nada. Se mesmo assim, deseja participar, mande um e-mail para contato@gioramos.net que eu faço o convite. Será uma perda de tempo, mas talvez mate a curiosidade.