Marketing Digital nas novas mídias sociais

Twitter, Facebook, Google+, YouTube. Como colocar a sua marca nessas redes sociais? Quais os caminhos do marketing digital nas nessas ferramentas? Formas de aprender não faltam: cursos, palestras, livros, até tutoriais no You Tube já foram feitos para tratar do assunto.  Facebook Ads, conteúdo nas páginas, a instantaneidade no twitter,  de uma forma ou de outra, todos já sabem mais ou menos o caminho das redes sociais tradicionais.

mktnovasmidiassociais

Mas e as novas redes sociais? Como se coloca uma marca em exposição no Whatsapp? Qual é a forma de se fazer marketing no Snapchat? Dá para ganhar dinheiro no Secret? E no Tinder? É só relacionamento a dois ou uma empresa também pode se beneficiar?

Sites de sucesso a partir de 2013, as novas redes sociais têm em comum uma característica muito importante em relação as “tradicionais”: a ausência de uma timeline ou o absoluto anonimato, no caso do Secret.

O excesso de evasão de privacidade de redes como Facebook e Orkut, as suas consequências negativas levaram os internautas, principalmente os mais jovens, a procurar redes sociais mais privadas, onde o relacionamento ocorre em grupos fechados, sem a exposição pública.

O resultado disso é a ausência da chamada “timeline”. O Orkut, sucesso de público no Brasil, nunca foi atrativo para as empresas como o Twitter e o Facebook. O que ele não tinha? Timeline, algo que é muito melhor para o marketing digital que o tradicional espaço reservado à publicidade.

Fenômeno no mundo inteiro e também no Brasil, o Whataspp já é muito usado por empresas como um SAC. Existem casos mais ousados como a Helmman’s, que envia receitas para os clientes utilizando a rede social.  Mas no geral, são poucas as ações feitas exclusivamente para o Whataspp.

Estaria o usuário de mídias como o Snapchat tentando fugir também das ações de marketing? Como ele vai reagir quando receber propagandas neste meio tão restrito?

Que venham as boas ideias!