Loading...
Giovanni Ramos blog
Journalist | Researcher | PhD Candidate in Communication

Greenroom do Spotify: o concorrente do Clubhouse

Clubhouse pode virar um novo Snapchat, engolido pelos gigantes

Greenroom do Spotify

O Spotify lançou nesta quinta-feira (17) o Greenroom, um aplicativo corrente direto do Clubhouse. Isto é, o consumo de produtos de comunicação em áudio continua em expansão. O ano do podcast foi em 2019, agora é a vez das lives de áudio tomarem conta.

Os criadores do Clubhouse têm um desafio pela frente: não virar um novo snapchat, que mudou o mundo das redes sociais, mas ficou para trás no mercado. O Greenroom do Spotify faz a mesma coisa do Clubhouse e ainda grava as conversas em áudio e permite o envio para o Anchor, o servidor de hospedagens de podcasts da empresa.

Mas a diferença mesmo está na força do Spotify no mercado de streaming de áudio. A empresa sueca já anunciou que vai permitir que criadores de conteúdo possam monetizar as lives no Greenroom. No entanto, essa opção está disponível apenas para os Estados Unidos, assim como as assinaturas de podcasts.

Observações do Greenroom do Spotify

O Greenroom do Spotify é muito parecido com o Clubhouse na arquitetura da informação. O aplicativo também mostra o tempo de duração da conversa. O fato é que a maior empresa de streaming de áudio também aposta nas lives em áudio e lançou seu projeto já pensando nos produtores de conteúdos.

O Clubhouse pode virar um Snapchat se não abrir o olho. Não adianta ser o primeiro se não souber enfrentar os gigantes que chegam para concorrer. O Twitter Spaces ameaçou pouco, até por problemas em encontrar os programas ao vivo. Já o Greenroom, esse parece muito mais ameaçador.

Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

en_GB