Carregando...
Blog do Giovanni Ramos
Comunicação, Novos Media e Política Brasileira. Página Inicial | Entre em contato

Educação sexual, processos e algoritmos

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
EDUCAÇÃO SEXUAL

A argumentação em defesa de uma educação sexual nas escolas veio de muitos jamais esperariam. A futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, defendeu essa temática nas escolas em uma entrevista a Folha/UOL. Vítima de estupro de um pastor evangélico quando criança, Damares concordou com a pergunta da imprensa que uma educação sexual pode ajudar no combate a abuso sexual infantil. Para se alinhar ao presidente eleito, defendeu que os pais podem proibir que seus filhos tenham aula sobre o assunto (um absurdo, visto que boa parte desses abusos ocorre dentro da casa, por um parente da vítima). Curioso para saber o que o povo da Escola Sem Partido achou da entrevista.

FAKE NEWS

O deputado eleito Alexandre Frota (PSL-SP) foi condenado a pagar R$ 295 mil ao deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) por ter propagado uma fake news que atribuía ao parlamentar do Rio, uma frase de apologia a pedofilia. Frota também foi condenado a prestar serviços comunitários, decisão que cabe recurso. Frota se defende dizendo que apenas compartilhou a imagem, no entanto, a calúnia ganhou muito mais alcance com o compartilhamento. É preciso punir quem divulga, sim!

QUEIMANDO POR POUCO

A notícia que a futura primeira dama pediu para retirar imagens sacras do Palácio do Alvorada, onde irá morar em janeiro, gerou uma polêmica com direitos a críticas pesadas como a de Reinaldo Azevedo. O presidente eleito afirmou pelo Twitter que querem prejudicá-lo, mas não negou diretamente o fato ocorrido. Situações como essa queimam o filme do futuro governo a troco de nada. Falta tato político para a turma que entrará no Planalto em 2019. O PT sentiu na pele como erros pequenos e bobos prepararam o terreno para uma fúria geral da população quando uma crise maior ocorre.

E POR MUITO

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) precisa sim, explicar a movimentação suspeita dos seus assessores. Trata-se de uma figura pública, de recursos públicos, tem que prestar esclarecimentos, algo que não ocorreu até agora. O senador eleito disse que o assessor é quem precisa falar. Aliás, cadê o assessor? Nenhum jornal conseguiu encontrá-lo ainda?

ALGORITMO

O Twitter ainda caindo na tentação de apostar em algoritmo em detrimento da timeline original na página inicial da rede social. Foi anunciado agora, que na versão móvel, quando um usuário demorar para entrar, a página que virá primeiro será com “os tuítes de maior destaque” ao invés das mais recentes. Um dos charmes do Twitter hoje é justamente poder acompanhar por data de atualização, algo dispensado por Facebook e Instagram.

[:]

Comentários