Carregando...
Blog do Giovanni Ramos
Comunicação, Novos Media e Política Brasileira. Página Inicial | Entre em contato

A prisão de Temer, o destino dos presidentes e Maia de novo

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Ex-presidentes presos. FOTO: Agência Brasil
#LULIALIVRE

Presidente mais impopular da história da democracia brasileira, Michel Temer não terá uma campanha #TemerLivre após sua prisão. Ou então, #LuliaLivre, em referência ao último sobrenome do ex-presidente. O ato foi comemorado tanto pela direita bolsonarista, quanto pela esquerda petista. A população em geral, que não gostava do ex-presidente, também comemorou e brincou em cima, com inúmeros memes, os melhores faziam alusão ao apelido de vampiro que Temer tinha. Lembrou Cunha, muito articulado e forte no Congresso, mas que quando caiu, caiu sozinho.

MARCELA E O MACHISMO

Entre piadas e memes, a ex-primeira dama Marcela Temer foi uma das pessoas mais lembradas. Aliás, a imagem de Marcela, jovem e bonita, sempre esteve em evidência. Comentários machistas surgiram quando Temer assumiu o Planalto (dizendo que o Brasil voltava a ter uma primeira dama como o brasileiro gosta) e voltam agora com a prisão dele. Em tempo: primeira dama (ou primeiro cavalheiro) não significa nada. O Brasil não é mais (ou não deveria ser mais) uma monarquia. Não elegemos casais.

PRISÃO PREVENTIVA

Como ninguém pediu o #TemerLivre ou #LuliaLivre, arrisco a dizer: será que a prisão dele foi justa, mesmo? Não estou a questionar o trabalho do Ministério Público, da Polícia Federal, as investigações que já ocorriam há muito tempo e que poderiam ter sido deflagradas antes se ele não fosse o presidente. Refiro-me ao fato de ele estar no xilindró ANTES DE SER CONDENADO. Prisão preventiva só pode ser feita sob algumas razões. Será que o caso de Temer realmente justifica. Repito: uma coisa é querer ver um político condenado, cumprindo pena, outra coisa é ser preso preventivamente antes da condenação, como ocorreu.

ANTECEDENTES

Desde a primeira eleição presidencial na redemocratização em 1989, nós temos dois ex-presidentes presos e dois que foram depostos por impeachment. Sem contar que Fernando Henrique Cardoso também teve vários escândalos, a maioria não investigados (porque os tempos eram outros). Isso é terrível, isso destrói a credibilidade da democracia junto a população. Não me surpreendo quando vejo pessoas defendendo regimes autoritários, o fechamento do STF, entre outras barbaridades. A imagem da democracia no Brasil está no lixo.

NOVO MDB

Alguém realmente acha que a política brasileira vai começar a andar por causa dessas prisões? Uma coisa é certa, o MDB, que já foi o dono do Brasil, perdeu muito, mas muito espaço em Brasília. A dúvida é: quem vai reorganizar o Centrão agora? Eu tenho um palpite….

—–

ATUALIZAÇÃO DAS 11h40 (horário de Lisboa)

PREVIDÊNCIA EM RISCO

Foi comentado ontem sobre os riscos da Reforma da Previdência emperrar no Congresso devido a falta de articulação do Executivo. Agora, sai a notícia no Estadão que Rodrigo Maia (DEM-RJ) avisou Paulo Guedes que pode parar de trabalhar neste assunto. Por que? Porque Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) atacou Maia nas redes sociais na discussão sobre o projeto anti crime. Para este projeto ir adiante, o presidente vai ter que controlar a sua turma, principalmente seus filhos.

Comentários