Carregando...
Jornalismo, estudos da mídia e um pouco de política | TODOS OS ARTIGOS
1 de dezembro de 2021

Jornais portugueses em parcerias com Google e Facebook

Alphabet e Meta anunciaram nesta semana em Portugal, a implatação de projetos no país que visam ajudar o jornalismo. As empresas são as donas das plataformas Google e Facebook, apontadas como responsáveis pela queda na receita dos jornais no mundo inteiro. Portanto, são projetos que visam ajudar os jornais portugueses tanto nas fontes de receitas, quanto no uso das plataformas.

Google News Showcase – 28 jornais portugueses envolvidos

News Showcase (Destaques Jornalísticos) é a nova plataforma de notícias da Google. O buscador sempre foi acusado de usar as notícias dos jornais em sua página sem pagar nada por isso. Assim, a Google criou uma seção nova de jornalismo onde o público poderá ler as notícias dos jornais sem precisar pagar por elas.

Jornais portugueses digitais terão parceria com Google e Facebook
Jornais portugueses digitais terão parceria com Google e Facebook

É uma série de notícias que os próprios jornais destacarão e o pagamento da notícia será feito pela própria Google, num acerto direto com os jornais. Portanto, temos promessa é que o público terá acesso a um jornalismo de qualidade, com a seleção feita por jornalistas e os custos serão da Google. Participam do News Showcase em Portugal:

  • Jornal Económico (Nacional – Especializado – impresso/digital)
  • Jornal de Notícias (Nacional – Generalista – impresso/digital)
  • Observador (Nacional – Generalista – nativo digital)
  • O Mirante (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Jornal do Fundão (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Público (Nacional – Generalista – impresso/digital)
  • Visão (Nacional – Generalista – impresso/digital)
  • 4gnews (Nacional – Especializado – nativo digital)
  • A Bola (Nacional – Especializado – impresso/digital)
  • A Voz de Trás-os-Montes (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Açoriano Oriental (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Diário As Beiras (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Diário de Notícias (DN)
  • Jornal da Madeira (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Diário de Notícias Madeira (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Diário do Minho (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Dinheiro Vivo (Nacional – Especializado – impresso/digital)
  • Eco (Nacional – Especializado – nativo digital)
  • iol (Nacional – Generalista – nativo digital)
  • Diário de Notícias Madeira (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Jornal do Centro (Regional – Generalista – ex-impresso, hoje somente digital)
  • Mais Futebol (Nacional – Especializado – nativo digital)
  • Mensageiro de Bragança (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • Notícias ao Minuto (Nacional – Generalista – nativo digital)
  • O Jogo (Nacional – Especializado – impresso/digital)
  • Região de Leiria (Regional – Generalista – impresso/digital)
  • The Portugal News (Nacional – Generalista – nativo digital)
  • TSF (Nacional – Generalista – rádio/digital)
  • TVI (Nacional – Generalista – TV/digital)

Audience Development & Retention Accelerator – 7 jornais portugueses

O nome inteiro assusta. Mas o que a Meta/Facebook quer é que os jornais tenham novas estratégias para retenção do público nas páginas de notícias e, com isso, melhorar a audiência.

Segundo a Meta, o programa possui duas etapas. A primeira é treinar jornalistas para entender como pensam os utilizadores ao lerem as notícias. Então, os jornais poderão fazer estratégias para ampliar os públicos, chegar a mais leitores e, é claro, fidelizá-los, com subscrições e apoios.

Na segunda etapa, a Meta promete dar dinheiro para que as estratégias dos jornais sejam implantadas. Isto é, a dona do Facebook deve entregar coisas que vão muito além de SEO e desempenho. Participam os jornais portugueses:

  • Observador (Nacional – Generalista – nativo digital)
  • Mensagem de Lisboa (Regional – Generalista – nativo digital)
  • Sapo 24 (Nacional – Generalista – nativo digital)
  • Público (Nacional – Generalista – impresso/digital)
  • Expresso (Nacional – Generalista – impresso/digital)
  • ECO (Nacional – Especializado – nativo digital)

Análise

Há muitos anos fala-se na parcela de culpa de Google e Facebook na crise do jornalismo. Há muito tempo fala-se como essas plataformas capturaram a maior parte da publicidade, deixado jornais sem a principal fonte de receita. Recentemente, a pressão para que essas plataformas ajudassem o jornalismo cresceu, inclusive com leis nacionais para que jornais fossem indenizados pelo uso de seu material por Google e Facebook.

Portanto, o Showcase e o programa da Meta são uma resposta dos gigantes. Pesquisas apontam que o Facebook e Google precisam do jornalismo vivo para seus funcionamentos. Isto é suficiente? Não. Mas vale a pena acompanhar a implantação e os resultados destas iniciativas.

Assim como os podcasts, que ganharam a possibilidade de fazer subscrições, os jornais digitais em Portugal têm mais uma opção de fonte de receita. Duas coisas chamam a atenção na escolha dos jornais participantes:

  • Primeiramente, interesse da Google pelo regional. São 11 dos 28 selecionados. O jornalismo regional precisa desta ajuda mais que os nacionais. Além de pagar pelas notícias, há uma visibilidade nacional interessante aí.
  • Além disso, os cinco dos sete parceiros do Facebook são nativos digitais. Incluindo o Mensagem de Lisboa, digital regional recente que já possui uma parceria internacional com a Folha de São Paulo. O local/hiperlocal em capitais e metrópoles ainda é pouco explorado e pouco pesquisado no jornalismo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

pt_BR