Carregando...
Jornalismo, estudos da mídia e um pouco de política | TODOS OS ARTIGOS
19 de abril de 2023

Desertos de notícias e as saídas para o jornalismo local

O mapeamento dos desertos de notícias feito pelo LabCom da Universidade da Beira Interior ganhou repercussão em revista portuguesa. A Jornalismo & Jornalistas, revista do Clube de Jornalistas de Portugal, deu capa para o tema desinformação e mídia regional.

Desertos de notícias e jornalismo local na Jornalismo & Jornalistas

São dois textos a respeito do tema na revista. No primeiro, o pesquisador Pedro Jerónimo, responsável pelo projeto MediaTrust, explica porque o combate a desinformação deve ter uma atenção especial aos meios locais. Ele relaciona a confiabilidade nas notícias com a proximidade das audiências com os jornais, algo que ocorre especialmente nos jornais locais.

O surgimento dos desertos de notícias, mapeado em Portugal pelo Labcom, facilita a disseminação da desinformação. Afinal, as comunidades irão se informar se algum jeito, com jornal na cidade ou não.

A luta contra a desinformação depende em grande parte da vitalidade do Jornalismo local. Em comunidades pequenas, os jornalistas locais costumam ser os únicos jornalistas que os cidadãos encontram nas ruas.

Pedro Jerónimo, na revista Jornalismo & Jornalistas

Mapeamento dos desertos de notícias e saídas

A segunda parte dedicada ao tema na Jornalismo & Jornalistas é uma entrevista com os autores do estudo dos desertos de notícias em Portugal. Além de Pedro Jerónimo, a pesquisadora brasileira Luísa Torre e o autor deste blog.

Além de falar da origem deste estudo, iniciado neste blog em 2020 e 2021, a entrevistadora Aline Grupillo abordou saídas para esta crise. Foi então que o tema jornalismo colaborativo apareceu. Afinal, a união dos pequenos jornais de uma região pode ser a saída? Por se tratar do tema da minha tese de doutorado, fizemos um bom debate o assunto.

BAIXE O PDF DA REVISTA

A edição da Jornalismo & Jornalistas ainda traz um artigo sobre inteligência artificial e jornalismo, entre outros temas relevantes para o mercado. A publicação é quadrimestral e é disponibilizada gratuitamente no formato digital.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

pt_BR