Carregando...
Jornalismo, estudos da mídia e um pouco de política | TODOS OS ARTIGOS
21 de março de 2024

Edital apoia novas soluções tecnológicas para a mídia

Mais do que um apoio para novos projetos jornalísticos, um apoio para novas soluções tecnológicas para o mercado da mídia. Esta é a proposta do Media Open Call, que dispõe de 2,5 milhões de euros para apoiar soluções que afetam diretamente o jornalismo.

O Aveiro Media Competence Center (AMCC), plataforma para apoio a mídia na União Europeia, é o responsável pelo projeto. Trata-se de uma iniciativa da Associação Portuguesa de Imprensa (API) em parceria com a Universidade de Aveiro e o Parque da Ciência e Inovação da Região de Aveiro (PCI).

Pequenas empresas e startups, de Portugal ou mesmo de fora, que desenvolvam tecnologias voltadas ao mercado de comunicação, podem participar da chamada. Porém, ressalta-se que não há uma exclusividade para o jornalismo: empresas de videogame e outros produtos do entretenimento também estão aptas.

De acordo com os organizadores, a intenção do edital é apoiar soluções tecnológicas em áreas como: Inteligência Artificial, Big Data, Realidade Aumentada, Internet da Coisas e Blockchain. As candidaturas vão até o dia 5 de maio no site do projeto.

IA é uma das possibilidades de soluções tecnológicas para a mídia
IA é uma das possibilidades de soluções tecnológicas para a mídia

Testar as novas soluções tecnológicas

O edital pretende permitir que as empresas de tecnologia tenham um ambiente de testes adequado para que o produto esteja pronto para ir ao mercado. Para isto, o programa já possui uma lista de parceiros, isto é, empresas da área de comunicação, para participar nos projetos piloto dos novos produtos.

Entre as empresas para os pilotos, estão meios de comunicação importantes como o jornal Público, a TVI, o jornal digital Observador e empresas de entretenimento como o Rock In Rio, que tem uma edição em Lisboa e a própria Google.

Em entrevista a revista Dinheiro Vivo, o diretor do AMCC declarou que a intenção é testar 59 pilotos até 2025. O AMCC surgiu para apoiar a transição do jornalismo regional de Portugal do impresso para o digital, mas este edital não se restringe apenas aos jornais locais. Portanto, as soluções tecnológicas podem ser para a comunicação como um todo.

OPINIÃO: de olho nos resultados

É óbvio que todo o mercado de comunicação deve ficar de olho nos resultados deste edital, não apenas os parceiros do projeto. Porém, quero reforçar aqui a importância dos meios locais ficarem atentos. Os jornais locais, sobretudo os pequenos, precisam mais do que todo mundo de novas tecnologias para conseguir atuar no ambiente digital.

Escrevi isto na minha tese e já é um consenso em quem estuda o tema: jornalismo na internet precisa de grandes volumes de notícias, frequência, rapidez, elementos que os jornais pequenos, por natureza, não conseguem atender. Somente soluções tecnológicas, além de parcerias com outros meios, podem permitir isso.

Muitas soluções tecnológicas disponíveis no mercado são gratuitas e, muitas vezes, os diretores dos jornais não sabem. A conexão entre diretores de jornais e jornalistas locais e as empresas que desenvolvem tecnologia para a internet faz-se necessária.

E se algum diretor de jornal não sabe por onde ir, entre em contato por aqui.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

pt_BR